Somos uma família cristã. A nossa missão é adorar a Deus, ensinar a Sua Palavra e comunicar Jesus Cristo, o único que pode perdoar, dar a salvação e uma vida de qualidade 

Terça-feira, 9 de Agosto de 2005

Três dias depois...

... tudo o que aconteceu em Hiroshima repetiu-se, só que agora em Nagasaki. O choque provocado pela devastação causada pelas bombas atómicas perdura até aos dias de hoje.


Na verdade, esta inclinação do homem para a “destruição e miséria”, este “derramar sangue” (Romanos 3:13-17) não esteve sempre no seu coração e nas suas atitudes.

Em Génesis 1:31 lemos que “viu Deus tudo quanto fizera, e eis que era muito bom”. Isto significa que o homem foi criado sem o mal porque foi feito à imagem e semelhança do Criador. Deus colocou dentro de si uma “chama viva” que reflecte aquilo que Deus é. Por isso vemos no homem a capacidade de criar, de construir, de empreender... mas também de amar, de se relacionar em paz e harmonia com o seu semelhante e com o Senhor.

Tudo isso se alterou quando o homem no seu livre arbítrio decidiu desobedecer a Deus, não seguindo as orientações de vida que lhe foram dadas. Ao longo dos séculos a “chama viva” que fora colocada dentro de si tem vindo a diminuir de intensidade. Da mesma forma como se tapa, com um copo, uma vela acesa, assim o homem vem tapando o seu coração com a desobediência. A “chama” tem vindo a se extinguir porque lhe falta o “oxigénio”, isto é, a comunhão com o seu Criador.

Porque Deus nos ama e não quer o mal para a sua criação, Ele deseja repor tudo como no início - “muito bom”. Jesus veio à terra para “destapar a chama que está a morrer”, para que o nosso coração esteja em contacto com o “oxigénio”, ou seja, com a Vida... com Deus.

“Ele nos deu vida, estando nós mortos nos nossos delitos e pecados.” (Efésios 2:1)
“Mas agora, em Cristo Jesus, vós que estáveis longe, fostes aproximados pelo sangue de Cristo.” (Efésios 2:13)
“Longe de vós toda a amargura, e cólera, e ira, e gritaria, e malícia. Antes, sede uns para com os outros benignos, compassivos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus em Cristo vos perdoou.” (Efésios 4:31-32)


Como está a tua relação com Deus? De que está cheio o teu coração?

Tu podes escolher: Ou deixas que a “chama” que foi colocada dentro de ti se apague, ou deixas que Deus remova do teu coração tudo aquilo que te impede de estar em comunhão com Ele.

“Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu filho unigénito, para que todo o que nele crê não morra, mas tenha a vida eterna.” (João 3:16)

(Se desejares podes contactar connosco através do e-mail da ieba.)
escrito p/ jaime fernandes às 11:47
link do post | comentar | favorito
|
online

. mais sobre mim

. a ieba

Horário de Domingo

Onde estamos

Quem somos

Dezembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisar

 

. posts recentes

Novo Blog da ieba

Um Natal de Paz!

Santificação automática

Parabéns, Tânia e Rui

O cristianismo de hoje

A maldição do homem moder...

Desfrutar do céu

Semelhante a um sino de p...

O Baptismo - II

Estás pronto?

. arquivos

Dezembro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

. assuntos (tags)

aiba

alfandanga

amor

baptismo

blog

blogs da ieba

bog da ieba

família

ieba

igreja

igreja evangélica baptista de alfandanga

igrejas baptistas

igrejas evangélicas

músicas

novo blog

Páscoa

reflexões

sapo

todas as tags

. orar por Portugal

. ligações

. últimas fotos

blogs SAPO
Estou no Blog.com.pt

subscrever feeds